O Poderoso Método de 2 passos para Vendas.

Você sabe qual é a principal escassez do mercado?
Eu vou te responder à essa questão com duas letras e um método: SR – Segmentação e Relacionamento.
Reforçando a ideia do meu post anterior, uma das coisas que mais faz falta no mercado de qualquer segmento é a comunicação. Aliás, é a boa comunicação.

SR não é uma técnica de vendas avançada, se é o que você está buscando nesse texto. SR se aplica em nossas vida pessoal e aí trazemos para o mundo nos negócios, e para você entender a correta utilização no mundo dos negócios, eu te convido a fazer a seguinte análise no âmbito pessoal:

  • Você separa o segmento AMOR de AMIGOS, certo?
  • No seu segmento AMIZADES, você certamente tem amizades íntimas, amizades menos próximas, amizades do trabalho, etc, estou certa?
  • Com cada um desses segmentos de amizade, você se relaciona de forma diferente, certo?
  • Em seus relacionamentos amorosos, você provavelmente espera ao menos alguns encontros – mantém primeiro um relacionamento - para poder pedir alguém em casamento, correto?

Se você disse SIM a pelo menos 3 dessas perguntas, você muito provavelmente segmenta suas relações e se relaciona com esses segmentos de acordo com o perfil dessa relação: amor, amizade, amizades íntimas, de trabalho, etc.

Agora imagine que você saiu num primeiro encontro com uma pessoa e essa pessoa te pede em casamento – LOGO no primeiro encontro.

Estranho, não? Se você recebeu o pedido, você provavelmente negou. E agora eu te convido a refletir o porquê você negou.

Provavelmente você vai responder algo como: não confio ainda na pessoa, é muito cedo para tomar uma decisão séria dessa, que maluco(a)!, etc.

Então, quando queremos concretizar uma venda – e não entenda venda apenas como o processo de vender um produto ou serviço, você vende o tempo todo e não sabe disso – a coisa mais louca que fazemos é ofertar o nosso produto/serviço esperando um fechamento imediato sem antes firmarmos um relacionamento.

É um pedido de casamento no primeiro encontro!

E aí será a coisa mais normal do mundo que você não venda, não se venda, porque não houve a correta segmentação e o correto relacionamento, o namoro, com o seu prospecto.

Portanto, o Método SR consiste em você segmentar seus contatos, iniciar um relacionamento com eles o quanto antes, para que futuramente você consiga fazer uma oferta que soe como irresistível.

Eu vou te dar um exemplo simples que aconteceu comigo:

Eu adoro as camisas da marca Dudalina. Por algum motivo durante muito tempo na minha vida eu só usava camisas sociais dessa marca. Mas o que eu não deixei de reparar é como o relacionamento deles comigo era frio.

O que acontece quando a vendedora pega o seu whatsapp numa loja após te vender um produto?
Ela provavelmente te manda mensagens com PROMOÇÕES – apenas para que você consuma mais. Ela não te manda mensagem para saber se o produto que você adquiriu está de acordo, se você está satisfeito.

Agora veja outra situação em que a vendedora da Pro Matre Baby – a lojinha dentro do Hospital Por Matre em São Paulo – me cativou como cliente:

Eu fui escolher uma saída de maternidade para a minha filha e após separar a roupa que gostei, escolhi um spray de ambiente que eu gostei muito. Quando fui até o caixa pagar, a vendedora me cobrou apenas pela saída de maternidade, e quando questionei o preço, ela disse que me daria o spray de ambiente de graça, como brinde.

Olha, eu sei quanto custava esse spray e ele não era barato! Então ela me cativou fazendo uma entrega além do esperado – o chamado “Overdelivery” – e me fez ver VALOR na loja, e não mais comparar preços.

E na próxima vez que eu fui até aquele Hospital visitar uma amiga que havia tido bebê, a primeira coisa que pensei foi em passar na loja Pro Matre Baby para comprar a lembrancinha que eu daria ao recém-nascido!

Esse, é o poder que o Método SR tem na sua lista de clientes: Segmentando sua lista de clientes e prospectos corretamente, você tem o poder de sincronizar a sua comunicação e se conectar com seu cliente ou prospecto.

Essa conexão é o que vai fazer a diferença entre você concretizar uma venda ou não.

Leticia Metóki

 

Rules of Legal English

The Most Important Rules of Legal English.

Rule #1 Imersão Cultural

Uma das experiências mais empolgantes da minha vida foram os 30 dias que passei vivenciando experiências culturais em Barcelona. O que eu mais queria, meu principal objetivo na época, era aprender a tocar Flamenco no violão.

Como músico, acredito que certas noções não devem ficar na teoria; elas só podem ser realmente compreendidas através de uma experiência pessoal. Naquelas longas madrugadas, na companhia de músicos que viviam na cidade gótica, fui escutando, aprendendo, participando e adquirindo conhecimento.

Tive que estudar; aliás, estudei música a vida inteira, conhecer a técnica e a ciência por trás da cultura, mas nunca teria tocado com a mesma alegria ou com o mesmo sentimento se não tivesse vivido aqueles dias.

Aprender inglês é como aprender música pois é uma imersão cultural em inúmeros aspectos sensíveis dentro da experiência humana. Além disso, é um aprendizado que precisa de ritmo, sons, técnicas e movimentos.

Agora sobre o Inglês Jurídico.

Em uma outra imersão cultural, desta vez em Londres, pude participar de audiências, visitar as cortes e aprender aspectos culturais da sociedade inglesa que foram importantíssimos para o meu desenvolvimento profissional. O Inglês Jurídico, depois em minha extensa pesquisa, já no Brasil, foi se formando como algo lógico, algo que eu já havia compreendido através do meu contato com múltiplos elementos culturais.

É necessário morar no exterior para aprender inglês jurídico? Não, é claro que não. No entanto, estou aqui para aconselhar meus alunos e amigos a vivenciarem uma experiência impactante no exterior, voltada ao conhecimento.

Now in English!

Rule#2 Read Novels

Reading novels are a great part of English learning, and I promise that it will not be different when you start learning Legal English. I have recommended a great list of books, from famous authors, that have helped me to learn Legal English, and, especially, the American System.

Those famous American writers may also change your mind about how cool Legal English learning can be. I have found it awesome myself because of the pleasure of being surrounded by great literature and culture. Besides, it is an elite venture for people willing to be the best.

Please, mind the slide with some of the best novels that I have recommended so far.

John Grisham - The Street Lawyer
John Grisham - The King of Torts
Scott Turow - One L
Cliff Sloan and David McKean - The Great Decision
Franz Kafka - The Trial

There are many others, you can spend your lifetime reading John Grisham, for example, but I normally choose to read the best books from the best writers; it has been always great.

Never stop reading! Stopping to read could feel like stopping to write. It may have the same terrible effect. It is very important to become accustomed to the language. Have you ever asked about why many people just forget.

Well I believe that two Rules are good enough for a start. In the next videos, I will be disclosing some other amazing rules for Legal English. Please do not forget to like my video and subscribe to the Institute's channel.

Thank you so much for your time. Farewell.

Prof. Thiago Calmon